SOCIAL

Ativismo, arte e feminismo em roda de diálogo promovida pelo APR 2019

Foto: divulgação

O Festival Abril Pro Rock promove, em parceria com o coletivo Mete a Colher, uma roda de diálogo sobre feminismo e ativismo político em tempos de crise. Para conversar sobre o tema, o festival traz para o Recife a tradutora do livro “Um guia Pussy Riot para o Ativismo”, Jamille Pinheiro Dias; e a arquiteta Mônica Benício, ativista de direitos Humanos e companheira da vereadora assassinada Marielle Franco. A conversa acontece no dia 18 de abril, às 15h, no auditório do Cais do Sertão e é aberto ao público.

A conversa também vai contar com a participação da jornalista e produtora Lenne Ferreira, de Renata Albertim, co-fundadora do Mete a Colher, e de Mãe Beth de Oxum. Participam ainda do encontro a poetisa Isabelly Moreira e a MC Lillo, que farão uma performance para o público na ocasião.

Noite das minas – A programação do dia 19 de abril será inteiramente dedicada a produções lideradas por mulheres. As ativistas russas da Pussy Riot encabeçam a noite e terão como companhia a carioca Letrux, além das paraibanas do Sinta A Liga Crew, as potiguares da Demonia; e as pernambucanas do Arrete, 808 Crew e Côco de Umbigada. A 27ª edição do festival Abril Pro Rock aposta na força do empoderamento feminino. O evento realizado pela Astronave Iniciativas Culturais teve sua primeira noite no dia 12 de abril e  continua nos dias 19 e 20 de abril de 2019, no Baile Perfumado. A identidade visual deste ano está a cargo da designer pernambucana Hallina Beltrão, continuando a orientação do ano anterior de valorização da luta feminista.  Os ingressos, que custam R$ 60 (estudante), R$ 70 (ingresso social + 1kg de alimento não perecível) e R$ 120 (inteira)  já estão à venda na loja Disco de Ouro, na Boa Vista, e através do site https://www.sympla.com.br/abrilprorock2019.

Compartilhar esse artigo

Posts relacionados

Escrever uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

POR MARISTELA BELTRÃO

A Revista Club foi a primeira revista social de Recife, lançada em 1999. Em 2008, seguindo a tendência global, a Revista Club impressa foi transformada em virtual, que volta a circular depois de uma breve parada, sempre com Maristela Beltrão no comando.

LER MAIS

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que rola na sociedade pernambucana.

Facebook

INSTAGRAM