Autor:

LANÇAMENTOS

Foto: divulgação

No próximo  Quinta da Poesia, do dia 20 de junho a programação será dedicada ao lançamento do livro, “De Cada Canto um Poema”  da escritora mineira Lin Quintino. A obra que tem projeto gráfico da JA Editora, e edição do escritor Jorge Azevedo,  é uma coletânea de poemas. Na tarde dedicada a poesia, todos vão poder participar declamando versos que vão estar expostos num varal. Quem declamar os versos será premiado com um exemplar do livro.

 Lin Quintino é mineira, presidente da Academia Brasileira e Internacional de Poesia, graduada em Letras e Psicologia com pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior e em Neuropsicologia pela Universidade FUMEC. De Cada Canto Um Poema é seu  12º livro.

O evento começa às 15 Horas, no Empório Villa Granno, na Rua Amaro Bezerra 445, Derby, Recife.

LANÇAMENTOS

Foto: divulgação

O Boticário foi buscar na Índia, em um dos jardins mais perfumados do mundo, o segredinho do seu lançamento premium, Elysée Blanc. Foi naquele país, famoso por aromas tão característicos, que a marca encontrou o Jasmim Sambac – uma das variedades mais perfumadas da flor – e descobriu um processo artesanal que faz toda diferença na variedade olfativa de Elysée Blanc: os botões da flor são colhidos ainda fechados para manter seus acordes olfativos puros.

A fragrância se abre com notas iluminadas de chypre floral e saída de frutas. Seu corpo é composto por flores nobres que vão do Jasmim Sambac à Rosa Damascena. Para finalizar, seu fundo conta com âmbar, musk, cedro, patchouli, sândalo, açúcar mascavo e vetiver, exaltando os sentidos. O seu frasco é especial, com vidro lapidado em forma de joia e efeito envernizado. No fundo grosso de vidro, pequenos pontos brilhantes cravejados captam e refletem a luz de forma tão surpreendente quanto a própria fragrância.

Além do eau de parfum upper premium, a linha Elysée ganha produtos complementares ao lançamento da fragrância Blanc: creme acetinado corporal, óleo hidratante de banho e o batom Make B. Blanc, no tom nude rosado.

Os lançamentos estarão disponíveis em todas as lojas, revendedoras e e-commerce (www.oboticario.com.br).

DIVERSÃO

Foto: divulgação 

Teatro, jogo, mistério, brincadeira e aventura compõem a visita Proscenium!, uma experiência para conhecer as instalações do Teatro de Santa Isabel bem como a sua história, cheia de momentos intrigantes. O projeto, que é idealizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, com execução do IDG, e patrocínio do Santander, através da Lei Rouanet, fará sua última edição na próxima terça (18), a partir das 15h. O Teatro Jogo tem duração média de duas horas, é gratuito e as inscrições podem ser feitas previamente pelos dois telefones 3355-3323 ou 3355-3324.

A visita mistura arte, jogo e mistério e apresenta as instalações e história do Teatro, que tem 168 anos, para um público formado por pessoas com mais de 10 anos de idade. Durante o Teatro Jogo, os espectadores viram atores e jogadores, que são provocados, como em um jogo de RPG, a resolver desafios. O elenco é formado pelos atores Alexandre Sampaio, Bruna Luiza Barros, Douglas Duan, Ellis Regina, Kadydja Erlen, Daniel Barros, Luciana Lemos, Paulo de Pontes e Cleusson Vieira. O roteiro é de Analice Croccia, Célio Pontes e Quiercles Santana, e a direção geral leva as assinaturas também de Célio Pontes e Quiercles Santana.

GASTRONOMIA

Foto: divulgação

Neste sábado tem Charque de Rosa e Galinha de Capoeira à Cabidela no Tempero da Rosa.  A mestra da culinária regional nordestina prepara a charque bem desfiada, crocante, frita na manteiga de garrafa e acompanhada de feijão verde de verdade, farofa de cuscuz e arroz (R$20,00). A cabidela é servida com farofa de jerimum e feijão verde também de verdade (R$16,00). Abre para o almoço a partir das 11h.

O Restaurante Tempero da Rosa funciona no térreo do Hotel Central. Av. Manoel Borba, 209, Boa Vista, Recife. (81) 3222.4001 / 99774.3428. 

ESPETÁCULOS

Foto: divulgação

Os apreciadores da música instrumental poderão curtir a programação do fim de semana do Conservatório Pernambucano de Música. Neste sábado (15) e domingo (16), acontece a 9ª edição do Festival de Música Instrumental, no Auditório Cussy de Almeida, na sede da escola de música. O compositor Henrique Albino e o arranjador André Mehmari são as atrações do sábado. O pianista Hércules Gomes e o grupo Treminhão farão concerto no domingo. O evento é aberto ao público.

A partir das 17h do sábado, Henrique Albino apresenta composições autorais com influência da música universal e das novas tendências rítmicas do jazz contemporâneo. Com Henrique Albino na flauta e no sax, Alex Santana na tuba e Gilú Amaral na percussão. Logo depois, é a vez do compositor, pianista arranjador e produtor carioca André Mehmari fazer o seu concerto instrumental.  O músico apresenta, ao lado de Neymar Dias (baixo elétrico e viola caipira) e Sérgio Reze (bateria).

Encerrando a programação do festival, o grupo instrumental Treminhão trabalha as influências de outras culturas como a música eletrônica, blues e jazz de forma singular, junto com os ritmos regionais de Pernambuco. A banda, formada por Breno Lira, Ricardo Fraga e Jefferson Cupertino ao palco alimentando todas as possíveis formas de musicalidade.

CURSO

Foto: divulgação

O autorretrato é naturalmente um exercício poético. Retratar-se é encarar a própria identidade, intimidade e história. Reconhecida desde a Renascença Italiana, a técnica, considerada por muitos, um estudo anatômico, ficou marcado no trabalho de artistas como Rembrandt, Frida Kahlo e Goya.

A ligação entre poesia e artes plásticas é o mote da Oficina de Pintura e Poesia: Autorretrato Poético, que acontece no próximo sábado (15), das 9h às 17h30, na Arte Plural Galeria, no Bairro do Recife. O curso, ministrado pela ilustradora Anna Charlie e o poeta e escritor Daniel Ianae, desenvolve a técnica com guache e atividades ligadas a poesia. A oficina chega ao Recife, depois de passar por São Paulo, Goiânia, Brasília e Fortaleza. Informações: (81) 3424-4431.

ARQUITETURA & INTERIORES

Foto: divulgação

Carlos Eduardo Ribeiro, da Abdalla Home Decor, é o convidado de Alê Barbosa e Fred da Mota para bate papo na Cia das Persianas, em Casa Forte, nesta quinta dia 13, às 16h. Os arquitetos do Anuário Panorama PE são os convidados do encontro que tem como tema as novidades em tapetes belgas, lançamento na loja.

A Cia das Persianas é revenda exclusiva da Abdalla Home Decor, um dos maiores importadores de tapetes do país, e pode confeccionar o produto sob medida. A linha belga em polipropileno oferece incrível combinação de cores e estilos, imprime qualidade e se destaca pela durabilidade.

Além do lançamento da linha de tapetes, a loja ainda conta com persianas Arbor, papéis de parede importados e objetos de decoração. A Cia das Persianas fica em Casa Forte, no Recife.

DIVERSÃO

Foto: divulgação

O tradicional São João Odontolândia do casal Kleber e Anabela Lacet já tem data marcada. Será no dia 23 de junho, a partir das 13h, no Condomínio de Santa Fé, em Bezerros. “O São João Lá de Casa” será o tema da festa deste ano que será inspirada nos festejos juninos do interior e que ganhará decoração Kelly Felix e da anfitriã da festa, Anabela. O cantor Rodrigo raposo já é nome certo entre as atrações. Com certeza vai colocar todo mundo para dançar e se divertir.

LANÇAMENTOS

Foto: divulgação

O multiartista Carlos Vasconcelos se prepara para nova empreitada com a produção de novo projeto editorial já intitulado “Evolução Criativa”. Fotógrafo, desenhista e diretor de arte e criação, ele tem se debruçado em estudos e pesquisas de personagens, intitulados Klausos, que são seres de uma galáxia de outra dimensão, que evoluem progressivamente ganhando cores e formas através da música. O resultado será uma publicação autoral de arte em seis línguas (português, francês, alemão, italiano, espanhol e inglês) para comercialização mundial. Inicialmente o projeto será apresentado ao público no formato e-book para criar expectativa sobre a publicação que ganhará campanha de financiamento coletivo ainda neste primeiro semestre.

A proposta da publicação é realizar interpretações visuais de músicas, sendo a música o fio condutor do projeto, cuja estrutura será montada com prólogo, prelúdio e fuga, coro e canto final, de acordo com o seu idealizador.  A parte de texto terá uma apresentação como uma orientação de como a história deve ser conduzida e, antes de cada bloco, o multiartista acrescenta uma página de texto explicando a ação da produção que será rica em imagens com uma conotação abstrata, que remeta a uma livre leitura do observador.

POR MARISTELA BELTRÃO

A Revista Club foi a primeira revista social de Recife, lançada em 1999. Em 2008, seguindo a tendência global, a Revista Club impressa foi transformada em virtual, que volta a circular depois de uma breve parada, sempre com Maristela Beltrão no comando.

LER MAIS

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que rola na sociedade pernambucana.

Facebook

INSTAGRAM