CULTURA

CULTURA

Foto: divulgação

Começou a contagem regressiva para mais uma edição do projeto cultural, Quinta da Poesia, promovido pelo Empório Villa Granno. O evento gratuito reúne atrações culturais, como declamação de poemas, encenação de esquetes, apresentação de dança, contação de historias para adultos, desfile temático, e palestras sobre terapias holistas. A próxima edição acontece no dia 23 de maio, a partir das 15 horas, com entrada gratuita.

Também como parte da programação, a terapeuta holística Sângela Cavalcanti vai abordar o uso de plantas e ervas medicinais e a terapeuta Gilvania Sabino, que é responsável pelo espaço Essência, vai falar sobre a terapia que trabalha as emoções através do gesto afetuoso.

O empório Villa Granno é uma loja que oferta produtos naturais e considerados saudáveis. O espaço conta com três salas equipadas, onde acontecem cursos e palestras para quem busca qualidade de vida. Na área externa da vila é possível sentar e degustar lanches saudáveis adquiridos na loja, além de bebidas geladas e chás preparados com ervas e plantas colhidas na horta que oferece dezenas de opções.  Fone-(81) 3038-1111.

CULTURA

Foto: divulgação

Museu do Estado de Pernambuco (Sala Lula Cardoso Ayres, 1º andar), apresenta a Exposição Agô, da fotógrafa pernambucana Roberta Guimarães. Com 40 fotografias, vídeos e informações sobre terreiros de xangô de Pernambuco, a mostra que fica em cartaz até 02 de junho pode ser visitada de terça-feira a sexta-feira: das 9h às 17h e sábados e domingos: das 14h as 17h.

As imagens são o resultado de mais de três anos de pesquisa feita pela fotógrafa, em 14 terreiros de xangô de Pernambuco, trabalho já registrado no livro “O Sagrado, a pessoa e o orixá”, lançado em 2013, no Recife.  São apresentadas imagens que mostram as particularidades dos rituais, respeitando a tradição e a religiosidade.

Durante a mostra haverá um projeto de Arte Educação desenvolvido por Kemla Baptista, com a concepção colaborativa de Bruna Rafaella. Serão visitas guiadas direcionadas a pessoas com deficiência visual e auditiva. O trabalho é feito em parceria com o Instituto de Cegos e o SUVAG.

O Museu do Estado de Pernambuco fica na Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife. O valor da entrada é R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia). 

CULTURA

Foto: divulgação

Entra em cartaz no Murillo La Greca, no próximo sábado (27), a exposição Risco! Atelier Aberto: A Eduardo Souza (in memorian). A exposição, gratuita e aberta ao público, reunirá trabalhos de artistas consagrados e também de curiosos, concebidos a partir de diversas linguagens, tendo o corpo como ponto de partida, objeto de estudo e até como plataforma artística.

São desenhos, pinturas, livros e performances produzidas pelos monitores e alunos do projeto Risco! Atelier Aberto, apoiado pelo Funcultura, que reuniu dezenas de participantes em um ciclo de oito oficinas de observação e registro criativo da figura humana por meio de sessões de modelo vivo, ministrados por Demetrio Albuquerque, Heitor Dutra, Ianah Maia, Nathalia Queiroz, Rinaldo Silva, Sabrina Carvalho (Livrinho de Papel Finíssimo), Valeria Rey Soto e Vi Brasil.

O museu fica na Rua Leonardo Bezerra Cavalcante, 366, Parnamirim e a exposição fica aberta ao público de terça a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Sábados, das 15h às 18h até dia 25 de maio.

Confira a programação:

27/4 – Abertura, com sessão aberta e debate, às 16h

29/4 – Sessão semanal do Risco!, às 19h
4/5  – Ação aberta com Ianah Maia: pintura corporal com tintas naturais, às 16h
6/5 – Sessão semanal do Risco!, às 19h
11/5 – Ação aberta com Vi Brasil: Delírio coletivo, jogos para modelo vivo, às 16h
13/5 – Sessão semanal do Risco!, às 19h
18/5 – Ação aberta com Nathália Queiroz: Narrativas do corpo, às 16h
20/5  – Sessão semanal do Risco!, às 19h
25/5 – Encerramento, às 16h

CULTURA

Fotos: Bruno Campos/ Arquivo PCR 

Amanhã, terça (23), história, cultura e resistência têm encontro marcado no Pátio de São Pedro, que recebe a sexta edição da Terça Negra, a partir das 19h. A celebração à cultura de matriz africana gratuita, aberta ao público e a céu aberto, renderá uma homenagem ao Orixá Ogum, com a participação especial do mestre Zeca do Rolete, griô e um dos maiores mestres do coco de roda pernambucano.

Programação

19h – Pregadores do Rap

20h – Maracatu Ogum Onilê

21h – Vôte o que é Isso

22h – Zeca do Rolete

CULTURA

Foto: divulgação 

Importante data do calendário do Conservatório Pernambucano de Música, o Dia Nacional do Choro será comemorado desta quinta-feira (11) a domingo (14), com atividades são gratuitas.  

Este ano, o evento homenageará o bandolinista e compositor Rossini Ferreira, que foi solista da Orquestra de Cordas Dedilhadas de Pernambuco e professor do CPM. O ponto alto das comemorações será na quinta-feira, quando ocorre o show do bandolinista Hamilton de Holanda. 

A programação tem início na quinta-feira (11), com um workshop de bandolim com Hamilton de Holanda, das 10h às 12h, na sede da escola.  À noite, acontece a abertura oficial das comemorações do Dia Nacional do Choro, com a apresentação do bandolinista, acompanhado pela Orquestra Matéria Prima, no Teatro de Santa Isabel, às 20h, com entrada gratuita. Já na sexta (12), o professor e integrante da Orquestra Matéria Prima, Maurício Cezar, ministra o workshop “Iniciando no choro”. A aula acontece em dois horários, das 9h às 10h30 e das 15h às 16h30, no CPM, com a participação especial do músico Arthur Philipe. 

Oficinas de canto, percussão, sopro, cavaquinho e violão de seis e sete cordas acontecerão na escola de música durante o sábado (13) pela manhã, 9h às 12h, e tarde, 13h às 16h. No domingo, o músico Maurício Cezar promove a oficina prática de conjunto e roda de choro, das 9h às 12h. As inscrições para estas aulas são gratuitas e podem ser realizadas na secretaria do Conservatório Pernambucano de Música. 

Encerrando a semana, no domingo, às 16h, os pianistas Elyanna Caldas e Levy Guedes apresentam o concerto Dois Pianos no Choro no Auditório Cussy de Almeida. O percussionista Júnior Teles e o violonista Bozó 7 Cordas também participam do concerto.

CULTURA

Foto: divulgação 

O artista plástico Raul Córdula, com exposição aberta na Arte Plural Galeria (APG) tem encontro marcado com admiradores de seu trabalho neste sábado (13.04), a partir das 16h. Em uma conversa descontraída, Córdula junto com a curadora da mostra Joana D’Arc Lima, fala sobre a sua nova mostra, além de comentar sobre sua trajetória e seu processo criativo. A entrada é gratuita.  

Para quem ainda não conferiu a mostra, o encontro também é uma oportunidade. São 18 obras entre pinturas em telas, desenhos e escultura, algumas inéditas e outras do acervo pessoal do artista. A mostra fica aberta ao público até 18 de maio, de terça a sexta, das 13h às 19h. Aos sábados, o funcionamento da galeria é das 14h às 18h. 

A Arte Plural Galeria fica na Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife – Recife/ PE

Informações: (81) 3424.4431.

CULTURA

Foto: divulgação

O artista plástico Raul Córdula apresenta até 18 de maio, sua nova exposição, na Arte Plural Galeria (APG), no Recife. A mostra irá reúne 18 obras entre pinturas em telas, desenhos e escultura, algumas inéditas e outras emblemáticas do seu acervo pessoal. A curadoria é da paulista Joana D’Arc Lima.

Essa é a primeira exposição individual da APG em 2019. A mostra, que sucede a exposição coletiva ‘Mistério do Planeta’, fica aberta ao público sempre de terça a sexta, das 13h às 19h. Aos sábados, o funcionamento da galeria é das 14h às 18h. A entrada é gratuita.

CULTURA

Foto: divulgação 

O multiartista pernambucano Carlos Vasconcelos movimenta neste 2019 novos projetos com a perspectiva de expandir o ato criativo, inclusive com resgate de sua trajetória de mais de 40 anos de trabalho na fotografia, arte, cultura na forma de vídeos em canal no youtube. Expansão da criatividade é perspectiva do projeto do incansável fotógrafo, escultor, desenhista, que vem desenvolvendo diversos projetos em design, concept art, fotografia, animação, toy art. Investindo em tutoriais em vídeo e em produções que carregam um olhar particular de tudo ao seu redor, o também diretor de arte e criação para contribuir com o processo de arte e compartilhar conhecimento sobre fotografia, pintura, cultura, design e tradições.

Uma das investidas do diretor do Centro Cultural de Criação, na Boa Vista, é retratar olhares distintos sobre lugares, situações e cenários do nosso dia a dia em foto e vídeo como uma Feira Livre no Nordeste, uma Viagem curiosa de Taxi, a efervescência do Mercado de São José e o charme do Mirante do Sesc em São Paulo. Para conferir: https://www.youtube.com/watch?v=cB7P-dbOW1M

CULTURA

Foto: divulgação

A exposição “Quando a vida é uma euforia” de Joana Lira. que está em cartaz no Centro Cultural Cais do Sertão, tem realizado uma série de conversas, oficinas e espetáculos em sua programação paralela. Para o sábado (16), o espetáculo “Entre Ruas” do Studio Viégas de Dança acontecerá no percurso do Marco Zero ao Cais do Sertão, a partir das 16h. “Entre Ruas” é conhecido por leva a o público a um mergulho do frevo a partir de uma itinerância pelas ruas e praças histórias do Recife e Olinda, onde o mesmo teve suas primeiras aparições e resistência.

Alinhavado pela literatura de cordel, o espetáculo é a cidade, sua história e arquitetura, seu povo e sua espontaneidade, revivendo seus mestres. É o frevo de ontem e de hoje, cada vez mais vivo e vivido pela sociedade. O espetáculo tem direção artística e coreografia de Alexandre Macedo, que estará no domingo (17), a partir das 15h, realizando uma oficina de frevo para iniciar o público no “passo”. A oficina acontece na Sala Moxotó no Centro Cultural Cais do Sertão com 02 horas de duração a partir de 12 anos.

CULTURA

Foto: divulgação

A Arte Plural Galeria (APG) começa o ano com a exposição “Mistério do planeta”, coletânea que reúne trabalhos de 12 artistas plásticos e 03 fotógrafos. A mostra fica aberta ao público até o dia 21 de fevereiro, sempre de terça a sexta, das 13h às 19h; aos sábados, das 14h às 18h. A entrada é gratuita.

A exposição foi inspirada numa canção do grupo “Novos Baianos”, lançada em 1972 com composição de Moraes Moreira e Luiz Galvão. Os interessados podem conferir um total de 23 obras – entre telas, esculturas e fotografias, do acervo da Galeria. Participam da exposição coletiva Ana Vaz, Alexandre Severo (in memorian), Daaniel Araújo, David Alfonso, Dani Acioli, Gabriel Petribú, Gegê Pedrosa, Gustavo Bettini, Lara Albuquerque, Luciano Pinheiro, Manoel Veiga, Rinaldo Silva, Roberto Ploeg, Sebastião Pedrosa e Pragana. Local: Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife – Recife/ PE. Informações: (81) 3424.4431.

POR MARISTELA BELTRÃO

A Revista Club foi a primeira revista social de Recife, lançada em 1999. Em 2008, seguindo a tendência global, a Revista Club impressa foi transformada em virtual, que volta a circular depois de uma breve parada, sempre com Maristela Beltrão no comando.

LER MAIS

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que rola na sociedade pernambucana.

Facebook

INSTAGRAM