CULTURA

CULTURA

1

Foto: divulgação 

A produção do “Arte Liberta – Feira Pernambucana Colaborativa e Itinerante” bateu o martelo e já definiu as atrações da segunda edição do projeto. Mantendo a proposta do projeto, que é gerar visibilidade e abrir espaço para as diversas produções artistas locais nas mais diversas formas de expressão, as produtoras Maria Augusta, Ana Karine Leal e a artista idealizadora Celene Muniz escalaram o grupo Brincante Popular, o projeto cultural do Núcleo Musical Irmã Sheila da Instituição Espírita Peixotinho e o cordelista Ismael Gaião.

A feira, que acontece no dia 29 de setembro (sábado) na “Picanha do Futuro”, terá início às 10hs da manhã e promete reunir diversas produções artistas locais. O evento será aberto ao público e se estenderá até às 20h. A “Picanha do Futuro” fica localizada na Rua do Futuro, nº 974, no Bairro da Jaqueira.  Maiores informações pelos fones pelos Whatsapp (81) 981301520 e (81) 96714566.

CULTURA

5

Foto: divulgação

A poesia vai ganhar forma no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), com a estreia da exposição Autopoese, do artista visual, cineasta, compositor, músico, ator e poeta Alexandre Dacosta. A mostra, que ocupará todos os andares do museu, passeará pelos vários predicados do artista carioca, fruto da Geração 80, em sua primeira individual no Recife.

A exposição estreia nesta quinta (20). Da sexta (21) até o próximo dia 25 de novembro, segue aberta ao público, para visitação gratuita no MAMAM.

Celebrando 18 anos de atividades do artista na linguagem poética-visual, a mostra conta com vasto acervo. São, ao todo, 12 vídeos poéticos-experimentais de curta duração, que serão exibidos numa das salas do museu, e mais 60 obras tridimensionais. Compõe ainda a exposição, que tem curadoria de Joana D’Arc, o Atrorretrato, um porta-retrato digital, com 16 fotos do artista, tiradas em várias épocas, que se sucedem, entre versos, formando um poema-confissão

O acervo contará também com poesias gráficas, ampliadas em chapas de PVC, com textos inseridos em diagramas, fluxogramas e padrões diversos, desenhados por aparelhos eletrônicos, bem como placas antigas de preço com letras aplicadas, utilizadas em padarias e botequins. Para garantir uma melhor leitura das peças e efetiva compreensão de seus trabalhos, o artista espalhará por todo o museu placas “desorientadoras”.

CULTURA

2

Foto: divulgação

O quarteto de clarinetas Sopros de PE é o convidado para a edição de setembro do projeto Temporada no Pátio, do Conservatório Pernambucano de Música. A partir das 19h30 desta quinta-feira (20), o grupo apresentará, na Igreja de São Pedro dos Clérigos (Pátio de São Pedro), um repertório diversificado, composto por música de concerto e música popular brasileira, com ênfase na música pernambucana.

Formado pelos músicos Isaías Rafael, Jônatas Zacarias, Gueber Santos e Crisóstomo Santos, o Sopros de PE tem no currículo participações em importantes eventos musicais do País.

Para esse concerto, o grupo preparou um programa especial. “Serão dois momentos. O primeiro, com músicas do repertório internacional e um segundo, com músicas dos compositores pernambucanos Severino Araújo e Dimas Sedícias”, detalha Jônatas Zacarias. The Terminal – The tale of Viktor Navorski (de John Williams), Tango Virtuoso (Thierry Escaich )Ilusão, de Dimas Sedícias, e Espinha de Bacalhau, de Severino Araújo, são algumas das escolhidas. Gratuito. Informações: 3183.3400 e conservatorio.pe.gov.br.

 

CULTURA
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Foto: divulgação

 

Quem já estava com saudade de ouvir a Orquestra Sinfônica do Recife não pode perder o sétimo concerto oficial da temporada 2018 que ocorrerá amanhã (19), a partir das 20h, no Teatro de Santa Isabel. A apresentação é gratuita e aberta ao público.

 

Na programação, preparada pelo maestro Marlos Nobre, estão Ludwig Van Beethoven e Alberto Nepomuceno. Do célebre compositor alemão, o público vai ouvir a Sinfonia nº 5 em Do Menor, Opus 67, e de Alberto Nepomuceno – compositor que passou a infância no Recife e, aos 18 anos, foi estudar na Itália, será executada a peça Batuque para Orquestra. 

 

Para assistir ao concerto, basta chegar uma hora antes do espetáculo e retirar o convite na bilheteria no teatro. Informações: 3355-3322.

CULTURA

1

Foto: Wesley D’Almeida/Arquivo PCR

Hoje, dia 18 a partir das 19h, o Pátio de São Pedro recebe mais uma edição da Terça Negra. Realizado uma vez por mês, o evento que celebra a cultura de matriz africana é uma iniciativa do Movimento Negro Unificado, com apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura, da Fundação de Cultura Cidade do Recife e do Núcleo da Cultura Afro-brasileira.

Uma roda de capoeira abre a programação, que celebrará o reggae, com apresentações da Banda Estado Civil, às 20h, e Ednaldo Lima, às 21h. Encerrando a noite, a partir das 22h, Valdir Afonjah, lembrará, 30 anos depois, os sucessos de seu primeiro LP, Magia Negra.

A festa a céu aberto, naquele importante cenário da história e da cultura pernambucanas, é gratuita e aberta ao público.

CULTURA

5

Foto: divulgação

 

Inaugurado em 2002, o Instituto Ricardo Brennand celebra seus 16 anos nesta quarta-feira (12) com a palestra do historiador Leonardo Dantas: Albert Eckout de volta ao Instituto Ricardo Brenannd.

 

Foi do artista holandês Albert Eckhout a primeira exposição que aportou no complexo cultural, com obras originais que pertencem ao Museu Nacional da Dinamarca, em Copenhague. O holandês esteve no Brasil no século XVII, junto à comitiva do então Conde João Mauricio de Nassau, e muito desta época foi retratado em suas obras.

 

A palestra será às 15h e aberta ao público gratuitamente mediante inscrição que pode ser feita pelo https://bit.ly/2MWbYfr

CULTURA

5

Foto: divulgação

Atuando há décadas em diversos campos da arte, o multiartista pernambucano Carlos Vasconcelos concretiza mais um dos seus projetos e promete mais uma experiência histórica cultural com a exposição “Animalis”, que lança em seu Espaço Cultural de Criação no dia 12. Esse novo trabalho focado no estilo “concept art” congrega a natureza selvagem em imagens exclusivas captadas pelas lentes do próprio artista, que ainda ficarão à venda em plataforma digital após a vernissage. Atuando há décadas em diversos campos das artes, o multiartista prepara-se para essa nova empreitada com lançamento que já nasce com foco no digital e inovadora, com 15 peças que transformam cliques comuns em diversos olhares inusitados para cada observador sobre as possibilidades de transformação e criação artística. “Cabe ao observador definir e desenvolver o discurso que quiser. Sabe aquelas pessoas que dizem: eu gosto muito de arte, mas não entendo! São as que elaboram internamente, as mais complexas leituras de uma obra”, diz o multiartista sobre a perspectiva que espera quanto ao novo empreendimento artístico.

CULTURA
David Capibaribe

David Capibaribe

Foto: Paloma Amorim
O Instituto Ricardo Brennand é roteiro certo para quem vai curtir o feriado de 7 de Setembro no Recife. Eleito o melhor museu do país, o complexo cultural que reúne em mais de 30 mil metros quadrados, obras de arte adquiridas durante cerca de 60 anos de colecionismo, estará funcionando normalmente, das 13h às 17h.
O museu conta, atualmente, com três exposições fixas: Frans Post e o Brasil Holandês, Coleção Janete Costa e Acácio Gil Borsoi e Oitocentos Brasileiro. Além disso, também tem o belíssimo Parque de Esculturas dos Jardins que constitui uma verdadeira galeria de arte, ao ar livre. Uma área de 18 metros mil metros quadrados, dotado com plantas típicas da Mata Atlântica e de esculturas famosas como uma das cinco réplicas no mundo e única da América Latina, da estátua de David de Michelângelo, que valerá boas fotos. O Instituto Ricardo Brennand é um verdadeiro reduto de preservação da arte e da cultura.

CULTURA

2

Foto: divulgação

O artista plástico pernambucano Rafael Rocha que atualmente vive entre Recife e Belém fechou parcerias com arquitetos e viabiliza a abertura de um super ateliê na capital do Pará. Para homenagear o povo paraense que o acolheu com tanto carinho, o artista fará uma  tela sobre o Círio de Nazaré, que pretende doar a um museu da cidade.

Rafael, já teve seu trabalho apresentado no programa Domingão do Faustão da Rede Globo, contabiliza mais de 800 obras espalhadas pelo mundo, muitas delas no Rio de Janeiro, cidade que possivelmente abrigará outro ateliê do pintor em 2019.

Na foto, Rafael apresenta uma das suas recentes criações: Eu, infinitamente mulher.

CULTURA

2

Foto: divulgação

O esboço é o mote da performance “Inconsistências, acaso e erro”, que os artistas João Lin e Hassan Santos irão promover nesta quarta-feira (26), às 20h, no Iraq, na rua do Sossego, no bairro da Boa Vista. A vivência reúne uma parede de esboços, um baixo, uma guitarra, a imagem sobre a imagem, a música sobre a pele fluida do erro e a alma em trânsito entre ruídos, grafismos e silêncios.

A performance envolve uma instalação construída com desenhos dos artistas num ambiente de interação e imersão onde também a música compõe, de forma espontânea e experimental. A ação provoca a participação do público instigando-o a uma experiência de troca e co-autoria.

Nesta ação, a performance completa um ciclo iniciado em agosto de 2017, quando Lin e Santos, disponibilizaram um painel com rascunhos de desenhos, que o público poderia pegar para si enquanto os dois tocavam, experimentando sons. No lugar do desenho, as pessoas deveriam deixar alguma nota de dinheiro, sobre a qual escreveram um título para o esboço recolhido. De lá pra cá, Hassan e João desenharam sobre essas notas, criando intervenções imagéticas, que serão disponibilizadas em um novo painel, em “Inconsistências, acaso e erro”, a fim de estabelecer um novo ciclo de trocas.
Mais informações:
http://inconsistencia.hotglue.me/

Para ouvir:

https://soundcloud.com/inconsistenciasacasoerro

Para ver um fragmento da performance:

https://youtu.be/3Og_KYgZeO4

POR MARISTELA BELTRÃO

A Revista Club foi a primeira revista social de Recife, lançada em 1999. Em 2008, seguindo a tendência global, a Revista Club impressa foi transformada em virtual, que volta a circular depois de uma breve parada, sempre com Maristela Beltrão no comando.

LER MAIS

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que rola na sociedade pernambucana.

Facebook

INSTAGRAM