DIVERSÃO

Doutores da Alegria no Janeiro de Grandes Espetáculos

Foto: divulgação

Os palhaços do Doutores da Alegria participam do 26º Janeiro de Grandes Espetáculos com o espetáculo Cenas Curtas. Serão duas sessões no dia 19 de janeiro (domingo), às 11h e às 16h, no Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro. A peça reúne 15 quadros, inspirados por situações e histórias que aconteceram nas alas pediátricas, ao longo dos 16 anos de atuação nos hospitais do Recife, e por muitas experimentações na linguagem do palhaço. Os ingressos custam R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada) e podem ser comprados antecipadamente pela internet.

Com direção de Arilson Lopes, coordenador artístico da unidade Recife do Doutores da Alegria, o espetáculo, que estreou no último mês de novembro, resgata a importância do lúdico e do riso no cotidiano. As cenas bobas, no melhor sentido da palavra, são indicadas para crianças a partir dos seis anos, adolescentes e adultos de todas as idades.

O espectador, mesmo sem sair da cadeira, vai seguir o trio elétrico comandado por Dra. Svenza (Luciana Pontual), Dr. Dud Grud (Eduardo Filho) e Dr. Gonda (Tiago Gondim). Qualquer semelhança entre Dra. Svenza e Ivete Sangalo é pura insistência frustrada de palhaça! Também há espaço para uma bandinha marcial, que surgiu no hospital, chamada “La Banda Bamba”, formada por Dra. Nana (Ana Flávia), Dr. Marmelo (Marcelo Oliveira), Dr. Eu_zébio (Fábio Caio) e Dr. Dud Grud.

O talento da Dra. Musquita (Olga Ferrario) não é a música e sim o contorcionismo: ela promete movimentos fora do comum, até para uma palhaça! Dra. Baju (Juliana de Almeida) e Dr. Micolino (Marcelino Dias) viraram investigadores à procura de suspeitos pouco perigosos: palhaços. Já Dr. Eu_zébio quer deixar todo mundo calmo e vai tentar meditar na cena A1.

A trilha sonora é tocada ao vivo pela Banda Besta, mestra em composições originais e versões engraçadas. Na bateria, Dr. Dud Grud; no ukelelê, Dr. Gonda; e, na guitarra, temos a performance dramática de Dra. Baju. A iluminação é de Luciana Raposo e a produção de Nice Vasconcelos e Douglas Souza.

Compartilhar esse artigo

Posts relacionados

Escrever uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

POR MARISTELA BELTRÃO

A Revista Club foi a primeira revista social de Recife, lançada em 1999. Em 2008, seguindo a tendência global, a Revista Club impressa foi transformada em virtual, que volta a circular depois de uma breve parada, sempre com Maristela Beltrão no comando.

LER MAIS

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que rola na sociedade pernambucana.

Facebook

INSTAGRAM